Lisboa entre Refugiados e Espiões

Visita Guiada

Descubra....

Durante a Segunda Guerra Mundial Lisboa tornou-se a “sala de espera” para milhares de pessoas que aguardavam passagem para um porto seguro. Através da literatura e dos relatos deixados por estes refugiados, seguimos os passos perdidos na cidade durante este período.

Visita Guiada – Lisboa entre Refugiados e Espiões

O percurso inicia-se junto ao Marquês de Pombal, perto da localização do Hotel Aviz, na altura, um dos mais conceituados hotéis da capital. Cruzando a avenida encontramos as pensões, organizações de assistência, relevamos a política de acolhimento do Estado Novo e vislumbramos a sombra dos vários espiões que cruzavam a cidade. 

Nos antigos cafés da cidade, como o Café Chave d’Ouro ou a Pastelaria Suiça, esperava-se por novidades da guerra e temia-se a presença de espiões de ambos os campos beligerantes. Também a ameaça da invasão de Portugal pelas forças do eixo, quebrou a normalidade na capital portuguesa, com diferentes monumentos e edifícios importantes a serem cobertos e protegidos no caso de um eventual bombardeamento. Diferentes personalidades internacionais visitaram Lisboa ou foram obrigados a permanecer na cidade durante longas semanas. Josephine Baker, Alfred Döblin ou Leslie Howard, entre outros, foram alguns daqueles que entusiasmaram, escreveram sobre a cidade ou chocaram os portugueses.

A nossa visita guiada de Lisboa entre Refugiados e Espiões termina junto ao rio Tejo. A cidade vista do rio, foi para muitos, a última visão da Europa antes de viajarem rumo ao continente americano.

Lisboa entre Refugiados e espiões
Lisboa entre Refugiados e espiões

Quando?

Data:
Hora:
Duração: 3 h
Ponto de encontro: Marquês de Pombal. Na esquina com a Fontes Pereira de Melo (em frente à Padaria Portuguesa)
Preço: 12,50€
Grau de dificuldade: 2- Fácil a Moderado

Grau 1 – Fácil: O terreno é plano, sem desníveis e obstáculos. Adequado a cadeira de rodas. 

Grau 2 – Fácil a moderado: O terreno com ligeiras inclinações (subidas e descidas) mas 70% plano. Alguns degraus. Possível utilização de cadeira de rodas, desde que acompanhado. 

Grau 3 – Moderado: Terreno com inclinações (subidas e descidas), 40 a 60% plano. Degraus. Não adequado a cadeiras de rodas. 

Grau 4 – Exigente: Terreno com inclinações (subidas e descidas), 20 a 40% plano. Degraus e terreno acidentado. Recomendado a pessoas em bom estado físico. 

Grau 5 – Difícil: Terreno com grandes desníveis (subidas e descidas), chão acidentado, 10 a 20% plano. Recomendado a pessoas com experiência de caminhada em natureza

Guia

Leonor Abrantes

Leonor Abrantes
ATENÇÃO: Esta visita não está agendada. Aceitamos marcação em exclusivo para um mínimo de 5 pessoas mediante disponibilidade do guia
Condições de Participação:

Meios de Pagamento:

As visitas devem ser pagas via MBway ou através de transferência bancária até 48 horas antes do respectivo passeio. Os dados para pagamento serão enviados após a inscrição. Por favor, consulte a sua caixa de spam caso não receba a notificação ou entre em contacto connosco via email

A inscrição só é válida após o pagamento.  

Política de Cancelamento:

Não havendo número mínimo de participantes, a História LX reserva para si o direito de cancelar a visita guiada, reembolsando o valor pago pelos participantes. 

Reserva

preencha o formulário para reservar

VISITA EM EXCLUSIVO

Se pretender uma data ou grupo em exclusivo, por favor contacte-nos através do email info@historialx.com 

 

A sua opinião é importante

{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.singularReviewCountLabel }}
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.pluralReviewCountLabel }}
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}

Em alternativa pode submeter o seu comentário ou avaliação na nossa página do Facebook ou na página da Google

O Rei traidor na sua visita a Portugal
A nossa sugestão de leitura é o livro de Andrew Lownie,O Rei traidor: o escandaloso exílio do duque e da duquesa de Windsor. 
A Lisboa de Alfred Döblin
"Foi assim, com luz, música e risos que Lisboa nos acolheu" escreveu Alfred Döblin quando chegou à cidade de Lisboa em 1940 enquanto o mundo estava em guerra
Outras visitas
Invenção de Belém

A Invenção de Belém

23 Março 2024
Poderosa e Vigorosa

Poderosa & Vigorosa

9 Março 2024